1 de dez de 2010

Pessoa(s)

alguma peça única
sem encaixe
anagrama imperfeito
pessoas mil
num feixe



2 comentários:

Anônimo disse...

incrivel!!!!
adorei,como todo o reto do blog....

Ass. Bringitt X)

lucianobonfim.blogspot.com disse...

Parabéns pelo poema. Idem para o Blog.
Ave, insônia!

Postar um comentário