3 de jul de 2010




Deitada a sonhar
Na que é de dormir
Na que era de amar.

3 comentários:

Anônimo disse...

Poesia é um dizer e vc disse...Meu blog está atualizado.

Valdemar Neto disse...

conheço esses versinhos bem...
o tempo que trocávamos poemas.

beijos.

Anônimo disse...

amei,
parece comigo,
só que nos ultimos dias ando ao contrario
"deitada a amar..."
bjo
bringit

Postar um comentário